sexta-feira, dezembro 24, 2010

segunda-feira, dezembro 20, 2010

Padoa Schioppa, pai do euro, morre aos 70 anos

Um dos arquitectos da moeda única europeia, o italiano Tommaso Padoa Schioppa, morreu este sábado, aos 70 anos.

O economista italiano faleceu na noite de sábado após sofrer um ataque cardíaco durante um jantar com amigos, de acordo com um dos presentes, o seu adjunto no Governo italiano Vincenzo Visco.

Padoa Schioppa foi ministro da economia sob a égide do então primeiro ministro italiano Romano Prodi e cumpriu um mandato de sete anos no Banco Central Europeu, onde foi um dos seis responsáveis (número de membros do conselho executivo do Banco Central Europeu) a guiar o euro nos primeiros anos após a sua criação.
in Lusa

O Movimento Federalista ficou mais pobre com a morte de Tommaso.